Uma cultura forjada em raízes sólidas.

Nossa origem.

A história de Silveiro Advogados tem início há mais de meio século, em Porto Alegre, com o seu fundador, João Carlos Silveiro, uma vocação despertada desde cedo, que originou esse tradicional escritório do Rio Grande do Sul e do Brasil.

O sonho de crescer sem perder a maneira artesanal de tratar as demandas dos clientes consolidou uma estrutura de profissionais formados dentro da cultura de ir à raiz da causa do problema e colocar sempre os interesses do cliente em primeiro lugar.

A rigidez de princípios e a longa experiência colocadas em prática nas áreas do Direito somaram-se ao desejo visionário da perfeição.

Silveiro Advogados ouve, analisa, pesquisa, debate profundamente cada caso e vai em busca da melhor solução, na qual três itens são decisivos: dedicação abnegada, agilidade e menor custo para o cliente.

Contribuir para a qualidade de vida da comunidade é também parte da filosofia de Silveiro Advogados. O Escritório é responsável, de forma voluntária, pelo trabalho na constituição de importantes ONGs que estão promovendo revolução silenciosa no campo social, melhorando a vida de milhares de cidadãos

Palavra do nosso fundador.

“Temos convicção de que os melhores resultados estão associados à força com que nos lançamos à raiz dos problemas dos nossos clientes.”

João Carlos Silveiro (1933 – 2015) – Fundador

“Aos 17 anos de idade realizei antigo sonho ao ingressar, em março de 1951, na Faculdade de Direito da UFRGS, e, no mês seguinte, iniciar estágio em escritório de Advocacia, de onde nunca mais saí. Em 1956, teve início Silveiro Advogados, hoje com mais de 50 anos de atividades.
Nesse mais de meio século exerci a profissão sem interrupção. Mesmo quando lecionei Direito Financeiro; quando Juiz de um Tribunal Federal ou, ainda, quando exerci funções de diretor de Instituição Financeira e de membro do Conselho de Administração de grupos empresariais e de ONGs, não me afastei sequer um dia da advocacia militante.
Tanto tempo de serviço em uma mesma área, proporcionou-me valiosos ensinamentos. Aprendi que a Advocacia é uma profissão que extrapola, em muito, o conhecimento do Direito e a simples defesa judicial e extrajudicial. O Advogado, em meu entendimento, deve ser conselheiro irrestrito do seu cliente, atento às suas palavras, mas também às reais dificuldades, inclusive psicológicas, que o próprio cliente por vezes ignora.
Deve ser, também, agente da paz social, examinando as razões do outro, compondo as lides antes de desaguá-las no assoberbado Judiciário. Deve ser, também, instrumento de desenvolvimento econômico da Nação, dotando os empresários da segurança jurídica necessária para ousar em seus empreendimentos.
Só assim, penso, o Advogado pode atingir a plenitude de sua missão. É esse entendimento que a mim parece o diferencial que procurei imprimir na cultura da Silveiro Advogados, a qual vem sendo seguida e aprimorada pelos sócios que vêm se somando à equipe.”

São Paulo

55 11 3810.9800
Praça General Gentil Falcão, 108 • 3º andar • 04571-150

Porto Alegre

55 51 3027.8700
Av. Carlos Gomes, 258  • 9º andar • 90480-000